Tuesday, August 14, 2012

CHANTECLER-RICORDI compilation albums


A gravadora Chantecler, que começou, nos anos 1950s, como subsidiária das Lojas Cassio Muniz, se aliou à Ricordi, gigante italiana em 1958, e logo começou a lançar seus sucessos italianos no mercado brasileiro. Com o advento da 'Invasão da Musica Italiana' a partir de 1963, a Chantecler, de-repente se viu dona de um catálogo dos mais valiosos, levando 'Una lacrima sul viso' com Bobby Solo ao 1o. lugar em 1964.

Embora a RCA Victor tenha sido a gravadora que mais lucrou com o 'filão' italiano, e a Odeon também tenha se dado muito bem, a Chantecler vem logo em seguida, com uma lista imensa de lançamentos.


'Hit Parade Ricordi - Volume 1' - lançado na Italia em 1959.



'Hit Parade Ricordi - Volume 2' - lançado na Italia em 1960 - não sei exatamente quando foi lançado no Brasil. Seria 1961 ou 1962?


'Il nostro concerto' com Umberto Bindi não tocou no radio, mas teve versão na voz de Angela Maria.


Luigi Tenco com 'Quando' ainda não aparecia por aqui ainda.


'Hit Parade Ricordi - Volume 3'


'Sassi' com Gino Paoli aparece no LP da trilha-sonora de 'Candelabro Italiano' [Rome Adventure]  lançada no Brasil pela WB-Odeon; e também como lado B de 'Al di là', com Emilio Pericoli, o disco pioneiro na 'invasão italiana' em 1963. Assim mesmo a Chantecler lançou 'Sassi' nesta coletânea. 'Senza fine' com Ornella Vanoni é um classico. Sergio Endrigo, que nessa época gravava na RCA Italiana aparece com 'I tuoi vent' anni', originalmente gravada na Tavola Rotonda, aparecendo aqui por gentileza da SEFI s.p.a.


A Chantecler já lançava LPs de coletâneas, mesmo antes da musica italiana ascender ao seu pico de 1964. 


'Hit Parade Ricordi - Volume 5' - 'Quelli della mia età', com a atriz-cantora belga Catherine Spaak, é versão do mega-sucesso 'Tous les garçons et les filles' de François Hardy. 


Catherine Spaak


Note 'Stessa spiaggia, stesso mare' [grafada errôenamente na contra-capa do Volume 5] com Stelvia Ciani, que visitaria o Brasil em 1965 junto com Giancarlo Guardabassi, Mary Di Pietro, Ricardo Del Turco e outros jovens cantores italianos. Meire Pavão gravou a versão como 'Mesma praia, mesmo mar'.



'Parata d' Estate' [Parada do Verão] trazia os maiores sucessos de 1964; 'Credi a me' [Bobby Solo], 'L'esercito del surf' [Catherine Spaak] que teve versão local gravada por Wanderléa e o classico 'Siamo pagliacci' com Ornella Vanoni. 



contra-capa de 'Parata d' Estate'.


'Una lacrima sul viso' com Bobby Solo foi o maior sucesso do Festival de 1964, embora 'Non ho l' età' [aqui interpretada por Wilma Goich] tenha tido mais votos do juri.


contra-capa do LP 'Festival de San Remo '64'.



'Canzoni sulla spiaggia' [Canções na praia]


'Quello sbagliato' [Bobby Solo]; 'Non dirmi niente' [Ornella Vanoni], versão de 'Don't make me over' de Burt Bacharach; 'Ho capito che ti amo' de Luigi Tenco com Wilma Goich e 'Caldo' [Calor] com Ornella Vanoni, são os maiores sucessos dessa coletânea. 

1 9 6 6 



San Remo 66 - LP de coletânea da Chantecler com 13 músicas apresentadas no Festival pelo artista original ou não.

1966 foi, sem dúvida, o auge da musica italiana no Brasil em quantidade de lançamentos fonográficos. O crescendo de 1965 atingiu seu ápice neste ano. A Chantecler, que distribuia a Ricordi lançou essa coletânea com apenas três originais:  Bobby Solo com 'Questa volta'Ornella Vanoni com a lindíssima 'Io ti darò di più`' e Wilma Goich com 'In un fiore'.

As outras dez músicas são gravações feitas à pressa por membros do 'cast' da Ricordi para aproveitar a onda do mercado. Lucio Battisti que se tornaria um dos maiores expoentes da musica italiana nos anos 70 aparece com 'Adesso si', de Sergio Endrigo... e, surpreendentemente I Quelli cantam 'Alla buena de Dios' melhor que I Ribelli, que defenderam a música no palco do Festival.


1967


'Canzoni per le vostre vacanze' [Canções para suas férias] LP de coletânea da Ricordi, prensado aqui pela Chantecler.

A gravadora Chantecler não tinha um departamento internacional dos mais esclarecidos, senão teria, pelo menos, traduzido o título dessa coletânea, lançada na Italia em meados de 1966 e aqui no Brasil lançada em 1967. Na contra-capa está escrito: 'Canções para suas férias', que continua não fazendo sentido em nosso país tropical.

1967 marcaria o final do reino da musica italiana no Brasil, pois a pressão anglo-americana já se fazia sentir com muito vigor. Desse micro-sulco poderíamos destacar as duas músicas do conjunto 'beat' Equipe 84'Io ho in mente te', versão de 'You were on my mind' do We Five, e 'Resta', versão de 'Stay' de Maurice Williams & the Zodiacs que foi 1o. lugar em 1960. Infelizmente a Equipe 84 não teve chance de fazer sucesso no Brasil, pois os ventos estavam mudando com muita rapidêz. Assim mesmo, meu amigo Walter Tetsuo comprou o LP da Equipe 84 e passamos boas horas juntos ouvindo uma verdadeira obra-prima do cancioneiro jovem. 

Além da Equipe 84, poderíamos citar 'La casa del Signore', versão de 'Crying in the chapel' que Elvis Presley levou ao 3o. lugar da Billboard em 1965, embora ela tivesse sido gravada em 1960, tendo sido composta em 1953. Aqui é cantada pelo Bobby Solo cujo único desejo era ser o 'Elvis Presley italiano'Ornella Vanoni comparece com 'Tutta la gente del mondo', que foi tema de abertura de 'Studio Uno 1966'.  



No comments:

Post a Comment